Comissão de Proteção de Informações Pessoais da Coreia do Sul multa Meta e Google por violação da privacidade


📅

Na última quarta-feira, dia 14, a Comissão de Proteção de Informações Pessoais da Coreia do Sul impôs mais de US$ 70 milhões em multas contra Google, da Alphabet, e a Meta Platforms, controladora do Facebook, WhatsApp e Instagram, por violações de privacidade digital.

Google será multado em 69,2 bilhões de wons (~US$ 50 milhões), e a Meta, em 30,8 bilhões de wons (~US$ 22 milhões), de acordo com uma decisão da Comissão de Proteção de Informações Pessoais da Coreia do Sul, nesta quarta-feira.

As supostas violações incluem coletar e usar informações pessoais sem o consentimento dos usuários para publicidade direcionada e mais.

A comissão sul-coreana também ordenou que as duas empresas garantam que os usuários possam, com facilidade e clareza, entender e exercer seus direitos sobre suas informações pessoais.

O Google não informou adequadamente os usuários do país sobre como suas informações pessoais são coletadas em sua nova página de criação de conta. Toda a gama de opções para armazenamento e uso de dados pessoais foi ocultada e a opção padrão de consentimento foi definida como “concordar” desde pelo menos junho de 2016.

Já a Meta, desde pelo menos julho de 2018, a comissão alegou que a página de criação de nova conta do Facebook não divulgou adequadamente como os dados de uma pessoa podem ser usados, conforme exigido pelas leis de privacidade locais. O Facebook forneceu apenas uma longa página de informações sobre suas políticas de uma forma que é difícil para os usuários compreenderem, segundo a comissão.


Fonte: Korea Joongang Daily, TechCrunch,

🗄